Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O lápis que vê

O lápis que vê

Provar valor

Provar ou tentar provar o nosso valor aos outros raramente corre bem.

Primeiro: ninguém vê um valor que não quer ver.

Segundo: se o próprio não acredita e não souber o seu valor, os outros também não vão acreditar. Os outros podem  ver potencial e podem ajudar a desenvolver esse potencial, mas, em ultima instância, cabe à pessoa fazer o caminho.

Por isso, o compromisso de cada um em se conhecer a cada dia, em ser a melhor versão que pode ser naquele momento (que é variavel), é o caminho. Assim, não é preciso provar o valor a ninguém.