Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O lápis que vê

O lápis que vê

28 de Fevereiro, 2020

O Dia Perfeito

Ana Isabel Sampaio

Copy of Copy of Copy of Cópia de Cópia de Copy o

“Acordas e tudo o que mais desejavas realizou-se: conta-nos o teu dia” ouviu as pessoas que entraram a dizer. Percebeu então que era um casal com uma criança que só agora notara.

Era uma perguntam interessante, nunca tinha pensado nisso e a resposta parecia mais difícil do que uma primeira impressão poderia supor. Embalou um pouco esses pensamentos e, de repente, lembrou-se de tudo o que tinha acontecido nesse dia. O tempo parecia estranho. De repente, lembrou-se do que tinha acontecido na noite anterior, na pergunta estranha do casal para a criança e de uma memória distante da sua infância. Confirmou a data. Era a mesma.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.