Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O lápis que vê

O lápis que vê

20 de Setembro, 2016

Liberdade

Ana Isabel Sampaio

Liberdade é não precisar de nada para ser livre. Liberdade é descer do castelo da ilusão e andar descalço pela vida. É olhar com doçura para tudo, até para a dor, sem se deixar prender.

Liberdade é dar asas ao coração, soltar da gaiola os sentimentos e permitir-se amar sem medo. É seguir em frente de olhos abertos e alma sem segredos, sem dissimulações. Liberdade é sentir o que o coração quer sem medo, sem limites, sem armaduras. A grande maioria de nós pensa que a liberdade é ter coisas na mão, mas a liberdade é abrir o peito para a abraçar a imensidão.

(este texto é uma adaptação de uma que li há uns tempos, mas que não tinha autor, se alguém souber...)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.