Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O lápis que vê

O lápis que vê

19 de Dezembro, 2018

Nem um raio de sol...

Ana Isabel Sampaio

O sol já se esconde por detrás do nevoeiro cerrado ao fundo do mar, na linha do horizonte. Todas as horas que passaram pareceram intermináveis. Um marasmo de tédio organizado que vem sempre impreterivelmente neste dia de minutos longos. Nem um raio de sol tocou a minha pele nesta tarde.

19 de Dezembro, 2018

Pensamento aleatório despregado #21

Ana Isabel Sampaio

Pensamento aleatório despregado.jpg

 

Haverá coisa mais útil neste mundo do que um lápis? O lápis serve para escrever. Só com esta frase estaria tudo definido. A premissa justificada de forma irrefutável. Serve para escrever e tudo faz sentido.  O mundo fica no lugar, gira em perfeição ou rotação como preferirem. Basta dizer : o lápis serve para escrever e tudo …

 Ps - o pensamento aleatório despregado vai ser importado do outro blog e a numeração vai continuar e não recomeçar.