Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O lápis que vê

O lápis que vê

11 de Junho, 2018

Polaridades

Ana Isabel Sampaio

Vivemos num mundo regido por algumas leis e uma delas é a Lei das Polaridades – masculina e feminina. Estou a falar de energias não de géneros. A forma mais vulgar deles se manifestarem é claro em homem e mulher, mas não é linear, porque nalguns casos não é assim. Também é importante salientar que todos temos as duas polaridades em nós, uma é mais dominante.

A polaridade feminina é a polaridade criativa e a masculina a polaridade da ação.

feminino-e-masculino-o-sagrado-em-equilbrio-palestra-por-chris-wolf-7-638

Ora, com todas as mudanças, estas polaridades estão em ajuste. A mulher nas ultimas gerações teve de assumir uma energia mais masculina, para poder sobreviver e a polaridade masculina que é a provedora ficou sem saber o que fazer. Vá, já estou  a ouvir uns é bem feito… 😊 Pois, não é bem feito nada.

As polaridades têm de encontrar o seu poder e expressão no mundo segundo a sua essência, senão há desequilíbrio.

9466627